Essa é boa! FMI acha que estão falando demais do pacote de ‘ajuda’ à Grécia

021IMF_get_out

Esse pessoal é mesmo muito arrogante! Além de empurrar medidas extremamente rigorosas goela abaixo dos gregos e de outros países que recebem a sua ‘dadivosa ajuda’ ainda acham que está havendo muito barulho por conta disso.

Estes engraçadinhos precisam saber que ao contrário de Shakespeare, aqui não se trata de ‘Muito barulho por nada’.

Débitocracia ou de como levar um país à bancarrota

020athens-syntagma-greece--007Distúrbios na Praça Syntagma contra o pacote imposto à Grécia(imagem:http://www.guardian.co.uk/)

Trago este documentário grego que desvela a crise econômico-social pela qual passam os países periféricos da União Europeia, focalizando especialmente a situação da Grécia.

Continue reading/Continue lendo

Qual o medo que lhe dá?

julietaelenine

Tenho comigo que esta é uma bela música. A letra, um primor de poema que nos induz a uma reflexão dos nossos próprios medos, de nossas próprias hesitações. Afinal está no poema: o medo é a medida da nossa indecisão.

Quanto à interpretação do Lenine (aliás, dos que conheço, o único Lenine pelo qual tenho simpatia!)  e da encantadora mexicana Julieta Venegas (como esta gracinha me lembra a Salma Hayek!) só posso dizer que estão em um momento absolutamente irrepreensível, marcante.

Desde que ouvi pela primeira vez, a coloquei nos ‘bookmarks’ da minha mente.

Espero que apreciem este belíssimo momento!

Continue reading/Continue lendo

Veneza está doente, se não for tratada morre!

017venice-page-fullUm dos muitos e fascinantes ângulos de Veneza

Existem certos lugares neste mundo que exercem uma poderosa atração no imaginário das pessoas. Veneza com certeza é um desses locais. A outrora poderosa Sereníssima República de Veneza, tida por muitos como a primeira sede do capitalismo, destino turístico de milhões que se encantam com suas belezas artísticas, arquitetônicas e com sua pujante e gloriosa história, lamentavelmente está adoecendo. Continue reading/Continue lendo

Em tempos bicudos, até os bichos dominam outra língua!

Per la Madonna! Que os tempos estão de ‘vaca não reconhecer os seus bezerros’ todos sabemos.

Até mesmo os outros animais já perceberam que para tentar se virar nos tempos bicudos de nossos dias há que se dominar mais de um idioma, entre outras providências.

É… a globalização já chegou até aos outros bichos!

Veja: