Corrupção no Brasil agora no Google Maps

016diga não(imagem: http://conexao-7.blogspot.com)

 

É como está escrito no texto abaixo. Uma iniciativa de fato útil. O problema, no entanto, reside muito mais na falta de conscientização dos brasileiros.

 

Infelizmente a cultura nacional está eivada de vícios que remontam aos primórdios da colonização. A noção de cidadania ainda é rala, o que nos torna um povo, em sua grande maioria conivente, ou ao menos tolerante, com a burocracia e a corrupção. Sim, pois desde sempre aprendemos a conviver e não a combater estas pragas que nos corroem não só os nossos recursos materiais, mas principalmente a alma.

 

Sobre este tema escrevi – Dilma está na frente porque o brasileiro é um povinho tão corrupto quanto os que estão no Planalto! – e continuo crendo na justeza de tal pensamento. Por sorte, ainda que tenhamos desperdiçado mais de quatrocentos anos, ainda há tempo (talvez não muito…) para que possamos corrigir o nosso rumo. Só assim é que poderemos crer ser possível termos um Brasil livre da miséria.

Continue reading/Continue lendo

Daqui vejo o mundo… e você também!

001Urbino Urbino: A terra dos meus ancestrais (http://aroha.die-tuba.de/engl/Anfange.html)

Bene, bene, sem blá-blá-blá, está na rede este blog, o Daqui vejo o mundo!

Pretendo aqui trocar impressões a respeito de tudo o que considerar ou você considerar interessante, relevante, atraente, pitoresco, polêmico e até mesmo o que for revoltante. Portanto, um blog eclético, sem frescuras. Colocarei a minha opinião e você concordando ou não com ela, tem todo o direito para expor o seu ponto de vista.

Pode usar a caixa de comentários, ou mandar email para daquivejoomundo@gmail.com. Prometo que sempre estarei de espírito aberto e com disposição para rever aquilo em que estiver equivocado.

Para terminar esta breve apresentação, penso que algum de vocês poderá ter ficado curioso e se perguntar, ou mesmo me perguntar qual a relação que há entre a imagem que ilustra o post e texto. Bem, a resposta para essa questão é uma pequena lembrança familiar.

Dizia o meu pai, que o avô dele, quando ainda bem garoto gostava de subir os campanários, e mesmo o castelo do Duque Da Montefeltro (por sinal, nosso parente pra lá de distante), na aprazível cidade de Urbino, Itália e destes locais ficava contemplando a bela paisagem que se descortinava. Nisso, se deixava ficar por um bom tempo. Quando de volta para a casa de seus pais (meus trisavós) estes perguntavam o que estivera fazendo por tanto tempo, ao que lhes respondia: – Estava vendo o mundo!

Eu, longe de Urbino, mas com este mesmo espírito de embevecimento, curiosidade, busca de horizontes que animava o meu trisavô, procurarei tocar este blog e espero, com a ajuda de todos vocês. A propósito, como podem observar, a paisagem que encantava  meu trisavô é mesmo belíssima.