Depois de 31 anos R.E.M. resolve parar

023]REM_82(imagem: http://clipestesia.com.br)

Porca miséria, infelizmente o R.E.M., um dos melhores grupos de rock anunciou ontem a sua dissolução. São muitas as músicas do R.E.M. que aprecio, mas este post não é uma ‘playlist’ para elaborar um ranking, mas cito ‘It’s the End of the World as We Know It (And I Feel Fine)’ por sua batida vigorosa e acelerada e letra com um sentido profundamente crítico, também a atual conjuntura mundial, me forneceu a ‘deixa’ para colocar o vídeo com essa música. Creio que você aprecie tanto quanto eu. Continue reading/Continue lendo

Qual o medo que lhe dá?

julietaelenine

Tenho comigo que esta é uma bela música. A letra, um primor de poema que nos induz a uma reflexão dos nossos próprios medos, de nossas próprias hesitações. Afinal está no poema: o medo é a medida da nossa indecisão.

Quanto à interpretação do Lenine (aliás, dos que conheço, o único Lenine pelo qual tenho simpatia!)  e da encantadora mexicana Julieta Venegas (como esta gracinha me lembra a Salma Hayek!) só posso dizer que estão em um momento absolutamente irrepreensível, marcante.

Desde que ouvi pela primeira vez, a coloquei nos ‘bookmarks’ da minha mente.

Espero que apreciem este belíssimo momento!

Continue reading/Continue lendo

Eduardo e Mônica 2.0: Vivo revisita uma história de amor dos nossos tempos

015Eduardo-Mônica-vivo(imagem: Vivo/divulgação)

 

Eis aí uma grande sacada! Para atender a Vivo, com vistas ao dia dos Namorados (12 de junho), a Africa criou uma das mais belas peças publicitárias que eu possa me lembrar.

A campanha ganha as ruas hoje. Quem de nós, com pelo menos os seus 30 anos não recorda da – ao mesmo tempo que despretensiosa, deliciosa – música ‘Eduardo e Mônica’ cantada pelo Legião Urbana? Uma história de amor, bem humorada, que nos conta as peripécias de um casal, que ao contrário do que faz pensar o senso comum, dá certo. Continue reading/Continue lendo