Maldito patrulhamento

023nissan_poneis_malditos_10(imagem: http://quiosquedeideias.com.br)

Assim não dá. O CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) acolheu denúncias de pessoas ou entidades que entenderam ser o comercial da Nissan para a sua pick-up ‘Frontier’ ofensivo, e abrirá processo para investigar se tais denúncias procedem.

Está certo que deve existir uma regulamentação, uma fiscalização, está certo também que o CONAR deve ser sensível às queixas do público, mas ‘pera aí’, já está começando a ficar um ‘pé no saco’ este patrulhamento ‘politicamente correto’.

A culpa não é do CONAR, mas sim de uma sociedade a pretexto de um ‘mundo cor de rosa’, está cada dia mais mal humorada, cada dia mais sem ‘fairplay’, mais repressora e hipócrita.

Malditos hipócritas!

Continue reading/Continue lendo

Grécia começa a instalar fosso com fronteira turca

022Avilacastelos medievais[1](imagem: http://historiadormilitar.blogspot.com/)

Para que você veja como são as coisas, a Grécia, país que readquiriu notoriedade internacional muito recentemente por sua precária situação econômica, resolveu gastar alguns (muitos) cobres dos que lhe foram relutantemente emprestados para construir uma cerca com o propósito de servir de obstáculo para impedir o ingresso ilegal de turcos no país.

Não sei não, porque do jeito que as coisas estão lá pela Grécia, não deve haver um turco, nem mesmo o mais doido, que tenha o desejo de atravessar a fronteira grega. Acho mesmo é que eles queiram evitar o contrário, ou seja, estão é com planos de reter os gregos, senão vai ser aquela história: o último a sair que apague a luz!

Com tantos problemas a resolver, ainda vão gastar com isso! Nem mesmo estando na ‘pindaíba’  como estão, deixam seus sentimentos de rivalidade de lado e como sempre, esses políticos só se preocupam mesmo é com coisas do tipo: encher seus próprios bolsos, atazanar a vida dos desvalidos.

Continue reading/Continue lendo

Essa é boa! FMI acha que estão falando demais do pacote de ‘ajuda’ à Grécia

021IMF_get_out

Esse pessoal é mesmo muito arrogante! Além de empurrar medidas extremamente rigorosas goela abaixo dos gregos e de outros países que recebem a sua ‘dadivosa ajuda’ ainda acham que está havendo muito barulho por conta disso.

Estes engraçadinhos precisam saber que ao contrário de Shakespeare, aqui não se trata de ‘Muito barulho por nada’.

Débitocracia ou de como levar um país à bancarrota

020athens-syntagma-greece--007Distúrbios na Praça Syntagma contra o pacote imposto à Grécia(imagem:http://www.guardian.co.uk/)

Trago este documentário grego que desvela a crise econômico-social pela qual passam os países periféricos da União Europeia, focalizando especialmente a situação da Grécia.

Continue reading/Continue lendo

Eduardo e Mônica 2.0: Vivo revisita uma história de amor dos nossos tempos

015Eduardo-Mônica-vivo(imagem: Vivo/divulgação)

 

Eis aí uma grande sacada! Para atender a Vivo, com vistas ao dia dos Namorados (12 de junho), a Africa criou uma das mais belas peças publicitárias que eu possa me lembrar.

A campanha ganha as ruas hoje. Quem de nós, com pelo menos os seus 30 anos não recorda da – ao mesmo tempo que despretensiosa, deliciosa – música ‘Eduardo e Mônica’ cantada pelo Legião Urbana? Uma história de amor, bem humorada, que nos conta as peripécias de um casal, que ao contrário do que faz pensar o senso comum, dá certo. Continue reading/Continue lendo

Até mesmo na Suíça, o ‘burocratiquês’ deixa qualquer um louco!

A burocracia é capaz de nos seus relatórios, pareceres e o que mais que possa sair dela (quando sai…), utilizar um linguajar muitas vezes excessivamente técnico, empolado e que beira ao hermético. São textos elaborados de tal maneira que parecem já terem sido produzidos diretamente criptografados.

Desta vez ela atacou no texto em que o ministro das Finanças da Suíça, Hans-Rudolf Merz discursou no Parlamento a respeito de uma nova legislação para a importação de carnes temperadas.

A linguagem burocrática do texto ‘pegou pesado’. Nem o ministro conseguiu levá-la a sério, o que contagiou o plenário.

O vídeo tem sido um dos mais acessados dos últimos dias no You Tube.

Veja:

Moçambique: segundo dia de violentos protestos contra aumento de preços no pão, água e luz

006protestoemmaputoProtesto contra aumento de preços já conta 7 mortes confirmadas (EPA-European Press Agency)

Reuters/Brasil Online

Por Charles Mangwiro

MAPUTO (Reuters) – Manifestantes bloquearam ruas com pneus em chamas e saquearam lojas nesta quinta-feira em Maputo, capital de Moçambique, no segundo dia de violentos protestos causados pelo aumento dos preços da água, energia e pão.

Fontes policiais e hospitalares disseram na quarta-feira que seis pessoas morreram, inclusive duas crianças, por causa de disparos de policiais contra manifestantes, nos piores distúrbios desde 2008 nesta ex-colônia portuguesa de 23 milhões de habitantes. Oficialmente, a polícia diz que quatro pessoas morreram, inclusive as duas crianças. As mobilizações foram convocadas por mensagens de texto e emails, após os  anúncios dos aumentos de preços.

A água e a eletricidade tiveram alta em torno de 13 por cento, e o preço do pão subirá 30 por cento, neste que é um dos países mais pobres do mundo e nunca se recuperou totalmente de uma das mais sangrentas guerras civis da África (1976-92).

O ministro do Interior, José Pacheco, disse que o governo está tentando identificar a origem dos protestos, que começaram a ser convocados na terça-feira."Registramos mortos, feridos, perda de propriedade por meio do uso de pedras e de disparos de policiais usando balas de borracha. Não há ordem de usar munição real", disse Pacheco à emissora privada STV.

Outros policiais graduados disseram, no entanto, que em alguns lugares a polícia usou munição real depois de ficar sem balas de borracha. Cidadãos também disseram ter visto disparos de munição real.

"Estamos trabalhando na identificação das pessoas que organizaram os protestos, para atribuir-lhes a culpa pelos mortos e feridos, e também pela destruição de propriedade", afirmou Pacheco. A STV relatou dez mortes, cerca de 140 prisões, 27 feridos com gravidade e 32 saques a lojas e bancos.

"Não posso me arriscar a ir trabalhar, a polícia está fortemente armada, dispara indiscriminadamente com munição real, porque acha que todos estão envolvidos. É perigoso demais e estou ilhado aqui", disse Gerson Marcos, morador de Magoanine, populoso subúrbio de Maputo.

Pacheco declarou que a população, em vez de promover distúrbios, deveria dialogar com o governo. "Os protestos são ilegais e não vão contribuir com os esforços dos moçambicanos para acabar com a pobreza."

Fonte: O Globo 

O governo da Frelimo, congênere em tudo por tudo com o MPLA angolano, deveria reprimir com o mesmo vigor demonstrado em relação aos que protestam contra o aumento de preços, a escandalosa corrupção que grassa na máquina governamental. Se a ‘nomenklatura’ da Frelimo controlasse os seus muitos gatunos, a vida do povo moçambicano seria ao menos, um pouco melhor.

Antes de o ministro José Pacheco declarar que ‘a população, em vez de promover distúrbios, deveria dialogar com o governo. Os protestos são ilegais e não vão contribuir com os esforços dos moçambicanos para acabar com a pobreza, deveria mais é declarar que não é a roubalheira disseminada no seu governo que vai contribuir para acabar com a pobreza, isto sim.

 

.

Você pagaria 400 milhões de reais para morar em uma cobertura?

003one_hyde_park_cm220110_2O endereço mais caro de Londres já está quase pronto (imagem: © Chris Montgomery Photography em http://www.e-architect.co.uk/)

Você, caso tivesse essa grana (e muito mais…) gastaria trezentos e oitenta e nove milhões de reais (140 milhões de libras esterlinas) em uma cobertura (penthouse)? Pois saiba que há gente com grana e disposição para isso.

Está certo, não é mesmo uma simples cobertura, mas sim uma das que encimarão o One Hyde Park, um para lá de luxuoso empreendimento imobiliário que está sendo construído no não menos exclusivo bairro londrino de Knigthsbridge, onde estão a Harrods e Harvey Nichols, tradicionalíssimas lojas de departamento, com uma vista deslumbrante para o Hyde Park.

Continue reading/Continue lendo

Para ver a seleção jogar só por canal pago!

002tv-globo(imagem: http://www.sanatoriodaimprensa.com.br)

É isso mesmo amigo! A poderosa Rede Globo mais uma vez coloca os seus interesses (que podem até ser legítimos) acima dos interesses de milhões de brasileiros ansiosos por ver a estreia do Mano Menezes no comando da seleção brasileira.

Detentora dos direitos de transmissão do jogo amistoso Brasil x Estados Unidos, ela simplesmente houve por bem (dela!) não o transmitir em canal aberto, só o fazendo pelo canal por assinatura SporTV.

Creio que o jogo será uma pelada muito da fuleira, não por falta de qualidade dos jogadores selecionados pelo Mano, mas pela falta de tempo hábil para dar qualquer tipo de entrosamento ao grupo, mas com certeza, antes mesmo de a bola rolar, é mais uma bola fora da Rede Globo.